BOLICES
Descrição do projeto

O conceito arquitetônico da franquia partiu da ideia de trazer aos clientes a experiência de extensão da própria cozinha, evocando a memória afetiva de cada um e o aspecto “caseiro” do produto sem, no entanto, obliterar o viés de boutique que a loja possuiu. Ao mesmo tempo que traz o processo de produção dos bolos para mais perto do consumidor, o projeto busca evidenciar o diferencial dos produtos, que possuem ingredientes refinados e são cuidadosamente confeitados.

O projeto piloto da franquia foi desenvolvido para um imóvel de metragem reduzida, contando com apenas 50m² para integrar todas as atividades da loja. Desta forma o design de mobiliário e o projeto da operação e equipamentos de cozinha foram fundamentais para garantir a eficiência e o máximo aproveitamento dos espaços.

A área de loja e a área de preparo são divididas apenas pelo balcão de atendimento, que além de expor os produtos acabados, permite acompanhar todo o processo de confeitaria. Na loja, a caracterização do espaço reflete o cuidado e a delicadeza com que os bolos são preparados, tendo cada detalhe sendo desenhado para acolher a experiência dos clientes em busca de novos sabores. A agilidade da operação fica expressa também nas lousas e no cardápio adaptável, que podem ser atualizados com novos sabores e os bolos do dia.

A fachada envidraçada proporciona a visão de todo o conjunto, combinando os bolos, as pessoas e a própria cozinha desde a vitrine, e convidando o pedestre a conhecer a loja, desde a calçada, onde a visão e o aroma dos bolos alcançam o tempo todo.